segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

A ESSÊNCIA DO NATAL...

Objeto de curiosidade para muitos, o Natal dos espíritas não é diferente. Embora longe de dogmas e rituais, os espíritas também vivem a mágica do Natal, capaz de transformar ambientes, mentes e corações. 

Desde tempos imemoriais, o fator celeste vem modificando a aparência do mundo; e o fator terreno modifica o coração dos homens. O mito do Messias ainda brilha nas profundezas do nosso inconsciente e, nossas aspirações de paz, harmonia, beleza e salvação projetam, em nossas mentes, seus reflexos de esperança. 

Cabe a nós, espíritas, compreendermos o Natal como um fenômeno relativo à nossa memória espiritual; uma realidade universal que lembra nossas profundas ligações com o Céu e a Terra.    Resgatar a grandeza espiritual, compreendendo não apenas sua origem histórica, mas a essência do exemplo e da mensagem que o Natal se encarrega de transmitir, talvez seja nossa grande proposta.

Que, impregnados pela mensagem do Evangelho, saibamos permitir o nascimento do Menino em nosso íntimo, para que, com Ele, nos tornemos renovados.  Humildade e Renovação são as grandes “estrelas” do Natal. Que elas nos conduzam ao exato “quando e onde” Jesus nasceu em nós. 

 “Não adianta tentar se esconder, nem tampouco querer se enganar; se procure e se encontre depressa, Ele está pra chegar ! Vista-se do branco desse amor que vem do alto, busque o céu dos seus pensamentos. Veja que a verdade e as palavras do Profeta, nunca se perderam nos ventos. Pare pra pensar, pense muito bem, olhe que esse dia já vem !Não se pode fugir dessa luz, dessa força chamada Jesus. Se procure e se encontre depressa, Ele está pra chegar ! ”
(Roberto Carlos/ Erasmo Carlos)
           
NATAL FELIZ ! PAZ E LUZ SEMPRE !

Texto: Kika